Glück Project

Uma investigação sobre a felicidade

novembro 2013

Por que você deve acreditar em mitos

Este não é um post religioso. Em vez disso, é um texto que fala sobre as mais importantes questões humanas – quem somos, de onde viemos, para onde vamos – do ponto de vista histórico e filosófico. Quem o escreveu foi a inglesa Karen Armstrong, uma ex-freira que abandonou o convento para estudar a história das religiões, em um pequenino livro sem tradução no Brasil: “Uma Breve História do Mito“. Esta é a introdução traduzida e adaptada, um resumo que…

Continuar lendo

Ele escolheu morar na rua e encontrou o sentido da vida

por Fred Di Giacomo Nascido numa família de classe média, Eduardo Marinho tinha uma vida confortável e abastada. Ele passou num concurso do Banco do Brasil, depois entrou na escola militar e, finalmente, foi aprovado na faculdade de direito – mas estava profundamente angustiado. Foi então que largou tudo para buscar um sentido para vida. Chegou a morar na rua e dormir em cima de cama de papelão, mas encontrou a felicidade na simplicidade. Os questionamentos de Eduardo começaram ainda na infância,…

Continuar lendo

Ele escolheu morar na rua e encontrou o sentido da vida

por Fred Di Giacomo Nascido numa família de classe média, Eduardo Marinho tinha uma vida confortável e abastada. Ele passou num concurso do Banco do Brasil, depois entrou na escola militar e, finalmente, foi aprovado na faculdade de direito – mas estava profundamente angustiado. Foi então que largou tudo para buscar um sentido para vida. Chegou a morar na rua e dormir em cima de cama de papelão, mas encontrou a felicidade na simplicidade. Os questionamentos de Eduardo começaram ainda na infância,…

Continuar lendo

Afeganistão: lugar de gente feliz?

por Karin Hueck Mauricio Horta é jornalista e inquieto. Fez duas viagens de quase um ano ao redor do mundo. Na primeira, trabalhou em uma fábrica de computadores no Japão e estudou mandarim na China, para depois seguir para o Paquistão, o Irã e a Turquia. Na segunda, começou na Califórnia, mas voltou à Ásia: chegou ao pé do Monte Everest, morou três meses de favor na casa de um casal gay na Índia, mergulhou nos corais da Indonésia, conferiu o…

Continuar lendo

A felicidade do trabalho manual (Ou por que sua avó estava certa em mandar você lavar uma pia cheia de louça)

por Fred Di Giacomo Muita gente escreve sobre os prazeres de andar de bicicleta. Assim como escrevem sobre os prazeres de correr. Eu, mesmo, redescobri esse pequeno prazer recentemente. Esportes, confesso, não são meu forte, mas andar de bicicleta alia a praticidade de um meio de locomoção limpo com os benefícios de uma atividade física, numa curva de aprendizagem sem muito sofrimento inicial. Não é sobre isso que quero falar hoje. (Breve parênteses: minha bicicleta quebrou esta semana. A corrente, velha…

Continuar lendo