Ao mestre com espinhos

Postado em 19 de maio de 2014

por Fred Di Giacomo “Quando seu pai sai de noite pra trabalhar, eu fico com medo”. Meu pai não é policial, carcereiro ou bombeiro. Mas todos os dias trabalha em um lugar trancado por cadeados, com grades nas janelas e marcado por violência. Esse lugar é uma escola estadual e meu pai é professor de história. Minha mãe tem medo porque meu pai já foi ameaçado, xingado e agredido. Ele é mais um dos milhares de professores que acreditaram que…

Continuar lendo