Glück Project

Uma investigação sobre a felicidade

fevereiro 2016

Dia 17/03 vai rolar o lançamento de “Felicidade tem cor” – primeiro livro do Glück Project

Hey, amigos e leitores do Glück, estamos muito orgulhosos de convidá-los para o lançamento do nosso primeiro livro – o infantil “Felicidade tem cor”, publicado em parceria com a Green by Missako e a editora Jaboticaba. O lançamento vai ser dia 17/03 (quinta-feira), às 18:30h, no Shopping JK Iguatemi (Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2041). O livro conta história dos amigos Benjamin e Alice e seu aprendizado de que a felicidade está nas pequenas coisas. Ele começa preto e branco, quando Benjamin…

Continuar lendo

12 depoimentos que mostram que vale a pena discutir música e racismo no Brasil.

Semana passada postei um artigo no Medium sobre como o rock dos anos 80 ajudou a deixar nossa música pop brasileira mais branca, machista e careta. A repercussão foi muito maior do que eu imaginava, com o texto atingindo mais de 250 mil views em 3 dias, sendo republicado em sites como o Geledés — Instituto da Mulher Negra, HuffPost Brasil e até o roqueiro Whiplash. Muita gente pelo Brasil compartilhou, debateu, curtiu e xingou muito no Twitter. Lendo as centenas de…

Continuar lendo

Roqueiros brancos pensaram que um texto havia sido escrito pelo Seu Jorge e passaram vergonha

por Fred Di Giacomo Há 15 dias um texto que escrevi sobre “como o rock dos anos 80 deixou a música brasileira mais branca e careta” viralizou aqui no Medium e foi visualizado mais de 260 mil vezes em poucos dias, além de ser republicado em vários sites. Um desses sites foi o Whiplash, que se define como o mais importante veículo de comunicação sobre Rock e Heavy Metal do Brasil. 12 depoimentos que mostram que vale a pena discutir…

Continuar lendo

Como o rock nacional dos anos 80 deixou a música brasileira mais branca e careta

Phil Anselmo (ex-vocalista do Pantera) fez uma saudação nazi e chocou o mundo gerando uma série de discussões sobre o heavy metal ser ou não um gênero musical reaça. Me lembrou de uma entrevista do Seu Jorge que dizia que “rock não é um gênero pro negro”. Lembro que depois dessa entrevista, muitos brancos quiseram ensinar pro negro Seu Jorge como o rock havia sido criado por negros como Chuck Berry e Little Richard e eletrificado pelo negro Jimi Hendrix….

Continuar lendo