Glück Project

Uma investigação sobre a felicidade

Fred Di Giacomo

Réquiem para uma investigação sobre a felicidade – parte 3 (trabalho & família)

Postado em 5 de março de 2017

por Fred Di Giacomo. Ao longo dos mais de 3 anos de vida deste blog, um dos temas que mais apareceram nas questões dos nossos leitores foi a relação entre trabalho e felicidade. Nem sempre é possível trabalhar com o que se ama. Mas é possível buscarmos um trabalho que nos traga algum tipo de sentido ou satisfação. Segundo Roman Krznaric, autor de “Como arrumar o trabalho da sua vida”, essa satisfação pode vir de cinco fontes: 1)Dinheiro (cadeia hedonista)…

Continuar lendo

Réquiem para uma investigação sobre a felicidade – parte 2 (sobre dinheiro e o desafio de viver no presente)

por Fred Di Giacomo Para encerrar nossa investigação sobre a felicidade, me dispus a compilar meus aprendizados em 3 posts. Vamos começar o segundo deles atacando a clássica dúvida “Dinheiro compra felicidade?”. Para isso, convido dois grandes filósofos para discorrer sobre esse tema fundamental da existência: Parece que Mano Brown e Sêneca concordam quando o assunto é “dinheiro vs felicidade”, mas o que a ciência diz sobre essa grande questão da humanidade? Uma pesquisa de Princeton, de 2010, conduzida pelo economista vencedor do Nobel,…

Continuar lendo

Réquiem para uma investigação sobre a felicidade – parte 1 (coisas que aprendi quando resolvi buscar sentido para existência)

Antes de mais nada, eu queria fazer duas perguntas simples: quem, aqui, se considera uma pessoa feliz? E quem está se sentindo feliz no momento? Agora, pensem por um minuto sobre qual foi o pior momento da vida de vocês. Eu acredito que o meu tenha sido uma das minhas crises de pânico, em 2008, quando eu não conseguia ver muita saída ou opção para meus problemas e a existência andava triste e sem graça. Acho importante, quando falamos de…

Continuar lendo

“Trabalhos sem amor, trabalhos tediosos (…) — essa é uma das mais dolorosas misérias da condição humana”, Wislawa Szymborska

por Wislawa Szymborska, tradução Carlos Alberto Bárbaro Dizem que a primeira frase de qualquer discurso é sempre a mais difícil. Bem, agora ela já ficou para trás. Embora algo me diga que as frases por vir — a terceira, a sexta, a décima e assim sucessivamente, até a última linha — serão tão difíceis quanto, já que é suposto que eu tenha que falar sobre poesia. Falei muito pouco sobre o assunto, quase nada, na verdade. E sempre que isso aconteceu, eu…

Continuar lendo

55 livros que li (e foram meus professores) em 2016

por Fred Di Giacomo Em 2016, meu grande professor foi meu filho Benjamin que nasceu em janeiro e mudou minha vida. Ser pai foi um dos acontecimentos mais profundos da minha existência e uma escola que me fez rever muitas das minhas certezas. Nos primeiros meses de vida do Benjamin não consegui ler muito, mas como passei o ano como frila/autônomo trabalhando muito em casa, consegui aproveitar as madrugadas e manhãs em que ele dormia, para ler alguns clássicos (sigo…

Continuar lendo

“A vida é arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida”

“A vida é arte do encontro Embora haja tanto desencontro pela vida”, Vinicius de Moraes Ontem, em meio ao temporal que lavou São Paulo, eu e Karin ficamos conversando no escuro, iluminados por relâmpagos que dançavam ao som das trovoadas, esperando a luz voltar. Alheios à destruição que rolava pelo bairro, lembrávamos do tempo em que moramos em Berlim e falávamos da vontade de voltar para lá um dia. Hoje, aproveitando que tinha terminado um frila, fui arrumar a mesa de…

Continuar lendo

Como controlei meu pânico e consegui andar de avião

“A tristeza faz você ver outras coisas que a alegria não te deixa ver”, Hélio Leites “Um povo que concebe a vida exclusivamente como busca da felicidade só pode ser cronicamente feliz” Marshal Sahlins Comecei a escrever esse texto, em 2014, a bordo de um avião que saía de São Paulo com destino ao Rio de Janeiro. Meu intuito era dar uma entrevista para a rede Globo a respeito da minha pesquisa sobre a felicidade. Parece uma vitória boa, né?…

Continuar lendo

Um conto sobre a felicidade: Instant Happiness

Postado em 18 de julho de 2016

Como se estivesse com a cabeça inteira dentro d’água e alguém começasse a tocar realejo na beira do rio.” Caio Fernando Abreu, Caixinha de Música, in “Morangos Mofados” A cabeça resistia, afundada nos sulcos cheirosos que marcavam o travesseiro dela. A maciez da cama era o único refúgio para felicidade do mundo. Pensar no futuro o enchia de ansiedade, e ansiedade leva os fracos a trilhar os caminhos do medo. Kiko era fraco, feminino e fixado na ideia de que a…

Continuar lendo

Fred Di Giacomo, do Glück Project

Uma aula para discutir o que é a felicidade e por que tanta gente é infeliz

Postado em 11 de julho de 2016

Em agosto de 2013, eu e a Karin pedimos demissão de nossos empregos para investigar a felicidade, repensar nossas vidas e passar um ano morando fora e conversando com gente legal ao redor do mundo. Lemos um cacetada de livros (de clássicos da filosofia até as últimas pesquisas da ciência), entrevistamos gente que manjava do assunto (psicólogos, médicos, monges, religiosos, artistas…) e usamos nossas vidas como laboratório num projeto que chamamos de Glück. Muitas dessas experiências e aprendizados viraram dicas…

Continuar lendo

“Felicidade e liberdade não existem, o que existe é intensidade”, Viviane Mosé

Postado em 11 de maio de 2016

“Ser gostosa não é “ser magra, ter a bunda dura e peito grande”. Ser gostosa é ser sensual. E ser sensual é querer comer e ser comido pela vida. Quanta vida cabe em você?”, Viviane Mosé Nesse vídeo curto, de 16 minutos, a filósofa, psicóloga e escritora Viviane Mosé fala na casa TPM sobre ser mulher, sobre a educação no Brasil e, até, sobre nosso assunto favorito: a felicidade. -Vale a pena largar tudo em busca da felicidade? – Leve…

Continuar lendo

anterior