Glück Project

Uma investigação sobre a felicidade

Fred Di Giacomo

26 pequenos gestos deles que vão fazer elas se apaixonarem

por Karin Hueck 1. Quando a moça e seu namorado estão num restaurante e o garçom traz a conta para ela. 2. Quando o rapaz no metrô dá um passinho para trás para a menina passar. 3. Quando o arquiteto de um prédio inclui no projeto trocadores de fralda no banheiro feminino E no masculino. 4. Quando o gerente de hipermercado decide não fazer uma promoção de aspirador de pó para o dia das mães. 5. Quando a moça e seu amigo estão…

Continuar lendo

Conheça Rui – o motorista de ônibus que distribui sorrisos, histórias e bom-humor na linha 857R

por Gustavo Ribeiro Terminal Campo Limpo. 13h12. Sol ardendo forte. Cansando, suado e com fome, eu chegava à zona sul da capital paulista a procura de um motorista: Rui Alves (uma verdadeira celebridade na região). No caminho, eu ia observando aquele trecho da cidade e rascunhando a pauta para entrevista-lo. No fundo eu já sabia que estava a caminho de um bate-papo, apenas isso. Nos encontramos pela primeira vez na segunda-feira; ele como motorista, e eu como passageiro. Na ocasião, eu voltava de uma sessão de…

Continuar lendo

Tailandesa serve Linguiça de arroz no ThaiWiese

ThaiWiese: O delicioso (e ilegal) mercado tailandês de Berlim

por Fred Di Giacomo A melhor comida tailandesa de Berlim não pode ser comprada em nenhum restaurante da cidade. Ela é vendida ilegalmente na grama do Preußenpark (Parque da Prússia) em ensolarados domingos de verão. Não existe uma data oficial para encontrar as dezenas de mulheres tailandesas que vendem suas iguarias sem alvará nem documento, mas a coisa costuma funcionar entre meio-dia e oito da noite. Berlim no verão é uma festa: dezenas de turistas, hipsters, naturistas e estudantes enchem…

Continuar lendo

Dizem que as mulheres são loucas

Dizem que são loucas

por Karin Hueck Apenas mulheres são loucas. Homens são diversas outras coisas – “impulsivos”, “bravos”, “confusos” – mas nunca loucos. “Louca” é aquele tipo de adjetivo que parece funcionar apenas no feminino, e todo mundo sabe citar na ponta da língua a vez em que essa ou aquela mulher fez papel de maluca. A mulher que chorou demais. A que brigou com o marido no restaurante. A que tirou satisfação com o funcionário no trabalho. A que – o horror,…

Continuar lendo

Por tão poucos terem tanto é que tantos têm tão pouco

“Se você não aceitar um trabalho que te sacrifique, você já está sendo revolucionário”, Eduardo Marinho

O artista de rua Eduardo Marinho se tornou um pensador e palestrante famoso na internet por suas reflexões sobre dinheiro, trabalho, liberdade e felicidade. Nascido numa família de classe média, Eduardo tinha uma vida confortável e abastada, mas estava profundamente angustiado. Foi então que largou tudo para buscar um sentido para vida. Chegou a morar na rua e dormir em cima de cama de papelão, mas encontrou a felicidade na simplicidade. Na entrevista abaixo ele fala sobre a desigualdade no…

Continuar lendo

Cena do filme "Human" de Yann Arthus-Bertrand

Amor, felicidade, dor… O emocionante filme “Human” retrata o que nos torna humanos.

por Fred Di Giacomo “Eu sonhei com um filme em que a força das palavras ampliasse a beleza do mundo. As pessoas me falaram de tudo; das dificuldades de crescer, do amor e da felicidade. Toda essa riqueza é o centro do filme HUMAN. Esse filme representa todos os homens e mulheres que me confiaram suas historias. O filme se tornou um mensageiro de todos eles.”, é assim que o diretor francês Yann Arthus-Bertrand explica a origem do seu belo…

Continuar lendo

Ava DuVernay diretora de cinema

Quatro projetos incríveis para apoiar mulheres negras

por Priscila Bellini Quantas mulheres negras você já viu levar troféus em premiações? Pode ser qualquer área, independe do gosto do freguês – vai da competição de engenharia à de melhor atriz. Por trás dessa falta de visibilidade, não está a falta de competência, não. A explicação para o problema veio no discurso da atriz americana Viola Davis (de How to Get Away With Murder) que levou o Emmy deste ano na categoria de Melhor Atriz em drama. “A única…

Continuar lendo

A escritora Fatou Diome

Você vai se emocionar com esse lindo discurso em defesa dos imigrantes

Os ânimos andam acirrados na Europa com a crescente onda de imigração provocada, principalmente, pelos conflitos na Síria e no Iraque. Em um debate sobre os imigrantes na França, a escritora senegalesa Fatou Diome fez uma linda fala em defesa dos expatriados que estão tentando entrar na Europa fugindo de guerras e desastres em seus países e lembrou que somos todos uma família vivendo juntos nessa grande aldeia global. Assista e tente não se emocionar: => Este vídeo te ajudou?…

Continuar lendo

Marcos Alves e o livro "Crônicas de uma roleta russa"

Eu larguei meu emprego para escrever um livro (e ainda não morri de fome)

por Marcos Alves Meu nome é Marcos Alves, tenho 22 anos de idade, sou formado em gestão de RH e atualmente estou fazendo bacharel em administração. Larguei meu emprego seguro em uma empresa grande para viver o sonho de ser um escritor e ainda não estou passando fome. Comecei a escrever histórias quase na mesma época que passei a ler livros sem figuras. Enchi meus cadernos dados pelo governo com meus escritos. Desde então, apesar das longas pausas, nunca parei…

Continuar lendo

Nunca vivemos num mundo tão pacífico

Essa afirmação parece bizarra para você? Com tantas notícias sobre violência, guerras e crimes; dá para acreditar que estamos vivendo na época mais pacífica da humanidade? Bom, Steven Pinker – um cientista e escritor brilhante – estudou a violência no mundo por 15 anos e escreveu um livro de mais de mil páginas (“Os anjos bons da nossa natureza”) defendendo essa tese. Assista a palestra abaixo e surpreenda-se com os dados e conclusões de Pinker. -Este texto ajudou você? Apoie…

Continuar lendo

próximo
anterior