De onde vem a felicidade?

Por Priscila Bellini

Talvez você consiga encontrá-la no mapa, talvez em uma animação de dois minutos. Só que, por trás disso tudo, a fonte comum seria a gratidão. É o que defende o monge David Steindl-Rast, em sua palestra sobre a atitude de ser grato. E a base vem da nossa vida cotidiana, já que a tal gratidão só dá as caras em situações determinadas: quando nós presenciamos algo valioso e que, ao mesmo tempo, essa oportunidade é dada. Não ficamos gratos por algo que compramos com o dinheiro suado no fim do mês, mas pelo que vem de graça, sem exigir troca alguma. Confira a proposta de Steindl-Rast no vídeo:

E aí, pelo que você é grato hoje?

=> Este post te ajudou? Apoie o Glück!
A forma mais prática de nos ajudar é fazer uma assinatura mensal do Glück. Funciona como uma assinatura de revista: você paga um preço fixo, que nos ajuda a ter uma estabilidade para produzir o conteúdo que você lê aqui. Existem três valores que você pode optar escolher para assinar:

Se você quiser fazer apenas uma doação única, insira o valor desejado abaixo (dá pra pagar com PayPal ou cartão de crédito):