Um mapa vai te dizer onde está a felicidade

Por Priscila Bellini

gluck-sensemymood

E não estamos falando em sentido figurado. A sacada é do Moodsensor, um projeto que pretende mapear a felicidade das pessoas em vários cantos do mundo. Através do aplicativo SenseMyMood, os usuários relatam o quão feliz estão em momentos variados do dia, além de apontar em quais situações ou lugares estão. Por exemplo, às 15 horas, eu posso dizer ao aplicativo que estou à espera do transporte público, e bastante desanimada.

Todas essas informações, que você escolhe quando e se quer passar, são enviadas a uma nuvem de dados, que relaciona as suas respostas às de outros habitantes da mesma cidade em que você está. Com esses dados, o Moodsensor traça quais regiões têm índices mais altos de felicidade e a quais fatores do ambiente isso está relacionado. Pode ser que, em um lugar isolado e sem muitas opções de transporte público, os cidadãos tendam a ficar mais tristes nos relatórios diários. Outro canto da cidade, como um parque, pode ser sempre identificado como lugar de lazer e de níveis de satisfação lá em cima.

No fim das contas, além de espiar a quantas anda a felicidade alheia na sua cidade, você ainda acessa o seu próprio relatório, com quais locais melhoraram seu humor e quais você deveria evitar.

Já pensou em quais cantos da sua cidade fazem você mais feliz?

=> Este post te ajudou? Apoie o Glück!
A forma mais prática de nos ajudar é fazer uma assinatura mensal do Glück. Funciona como uma assinatura de revista: você paga um preço fixo, que nos ajuda a ter uma estabilidade para produzir o conteúdo que você lê aqui. Existem três valores que você pode optar escolher para assinar:

Se você quiser fazer apenas uma doação única, insira o valor desejado abaixo (dá pra pagar com PayPal ou cartão de crédito):