Pregando amor em vez de ódio

Por Priscila Bellini Os atentados feitos pelo Daesh (acrônimo árabe para Estado Islâmico) em Paris, na última semana, desencadearam uma onda de comoção pelo mundo. Porém, além dessa rede de solidariedade com aqueles que perderam familiares e amigos nos ataques, é claro que apareceram mensagens de ódio. Afinal, como a autoria recaiu sobre o grupo que se autointitula Estado Islâmico, muita gente culpou os muçulmanos pelo ocorrido. E eles responderam. Agora, Antoine Leiris, o marido de uma das vítimas, Hélène…

Continuar lendo